10 dicas para montar um currículo de sucesso!

0
184
curriculo-de-sucesso

A busca por empregos pode ser um processo difícil e incômodo, porém necessário para conseguir um trabalho. Nos processos seletivos, as empresas buscam analisar todos os detalhes e, por isso, é necessária muita atenção. 

Um dos pontos mais importantes é o seu currículo. Afinal, ele deve convencer o empregador ou a equipe de Recursos Humanos que você é um profissional de qualidade e que se encaixa nos objetivos da organização. 

Pequenos erros podem ser a diferença entre ser chamado para uma entrevista e ter o currículo descartado. Por isso, para te ajudar, separamos 10 dicas para montar o melhor currículo da sua vida. Confira!

1. Ponha as informações pessoais relevantes 

É muito importante que a empresa conheça o essencial sobre você, assim como seus dados de contato, logo de cara quando recebem o currículo. Porém, já dizia o ditado: tudo que é demais, faz mal. 

Não é necessário se estender nesse ponto. Coloque seu nome completo, telefones de contato, endereço de e-mail, cidade e endereço de rede profissional, como o LinkedIn. Nesse momento, é muito importante verificar se o endereço de seu e-mail é adequado ao ambiente profissional. Se você mantém o mesmo endereço desde a adolescência ou infância, pode ser que seu título não seja ideal. Nesses casos, vale a pena criar um novo. 

A idade pode aparecer no currículo, mas não é uma regra. Vale analisar em cada caso, e ver quando encaixa e quando é melhor não colocar. 

Outro ponto que vale a pena frisar: não coloque o endereço de suas redes sociais pessoais, a não ser que a empresa peça por essa informação. 

2. Não exagere nas cores 

Recrutadores podem ver dezenas de currículos no mesmo dia, por isso, é importante procurar por elementos visuais que se destaquem. Porém, sem exageros! 

Foque em um esquema de cores sóbrias, profissional e limpo. Afinal, você não quer que seu currículo gere uma dor de cabeça, não é mesmo? 

O contrário também é verdade: evite currículos que se baseiam apenas em texto, sem cores ou diagramação. Para criar um currículo mais bonito, você pode usar serviços online, como o Canva.

3. Especifique seus objetivos 

Seja curto e direto: diga o que você procura. Principalmente se você está em busca do primeiro emprego, é necessário mostrar quais são os seus objetivos naquela empresa.

Não é necessário criar nenhuma história milaborante. Tente resumir o que você procura em poucas linhas. 

4. Crie modelos diferentes 

Vagas diferentes, currículos diferentes. Tente criar o currículo com base tanto na vaga quanto na empresa que irá recebê-lo. Dessa forma, você garante que está mandando algo adaptado à realidade do que procura. 

Você pode alterar tanto algumas informações, como por exemplo quais cursos livres incluir, até as cores, de acordo com a vaga.

5. Descreva sua formação

 É muito importante que sua formação esteja clara no currículo, principalmente se você é formado ou está matriculado em alguma faculdade ou possui pós-graduação. 

Não há segredo para fazer isso. Basta colocar o nome da instituição, nome da graduação, data de início e término e local. Se você ainda está cursando, vale colocar o período em que estuda. 

6. Especifique suas habilidades 

Suas habilidades devem estar bem descritas, de forma concisa, no currículo. Nesse ponto, também vale a regra do bom-senso: coloque apenas o que for útil para a vaga que pretende preencher. 

Ao invés de colocar o curso de idiomas, edição ou outros, no mesmo formato que a formação acadêmica, você pode apenas descrever suas habilidades naquele quesito em básico, intermediário e avançado (fluente, no caso de idiomas). Dessa forma, o currículo fica mais conciso e direto. 

7. Coloque a sua experiência profissional

A experiência profissional é um dos pontos mais importantes do currículo. Organize de forma que a mais recente apareça primeiro, e a mais antiga por último. 

Se você possui graduação e tem experiência profissional fora da área de atuação, pondere se ela é útil no trabalho que deseja exercer. Caso não seja, não há necessidade de colocá-la no documento. 

Coloque o nome da empresa, cargo ocupado, período em que trabalhou ou trabalha na organização e uma breve descrição do que você fazia. 

8. Nunca minta 

A honestidade é um valor buscado por todas as empresas. Por isso, nunca minta no currículo. 

Além de correr o risco de ser “desmascarado”, você corre o risco de ser contratado com base em uma mentira, não conseguir exercer o cargo e, no fim das contas, voltar a ser desempregado. É melhor conseguir uma vaga com base em suas verdadeiras habilidades, não é mesmo?

9. Revise com profundidade

Informações erradas, erros de digitação e outros problemas no currículo mostram que você não prestou a devida atenção ou, pior, não se importou em revisar. Por isso, leia atentamente, várias vezes, para ver se não deixou nada escapar. 

Vale a pena pedir ajuda de seus amigos e familiares. Peça para que eles leiam e verifiquem se tem algo de errado no currículo e, até, se possuem alguma sugestão. 

10. Aposte no simples e rápido

Como já dito, recrutadores podem ver um alto volume de currículos por dia. Por isso, você precisa se certificar que o seu está fácil de entender, sem exageros e curto – duas páginas, no máximo, bastam na maioria das situações. 

Seguindo essas dicas para mandar currículo, suas chances de conseguir aquele emprego que deseja aumentam. Boa sorte na procura! 

Leia também: O que é cashback?