O limite das finanças: quando dizer não!

0
1013
limite-das-financas

Esse é o 7º passo de nossa jornada “Dinheiro na prática” na qual falamos francamente a respeito do dinheiro e das nossas relações e da ligação entre eles dois. Concluímos metade da nossa caminhada, passando pelo tomar nossos pais, conviver com nossos irmãos, olharmos nossas crenças limitantes e nossas feridas de infância, partilhamos com nossos amigos, lidarmos com o dinheiro nas nossas relações amorosas, indo de encontro a outros desafios do cotidiano que, por menosprezarmos, ou não falarmos a respeito, acabamos muitas vezes nos enrascando em confusões e furadas. Por que falar de dinheiro ainda é um tabu?

Conforme falamos na nossa primeira conversa, a forma como você lida com suas emoções e relações está diretamente ligada à forma como você lida com dinheiro e finanças. Nas nossas relações mais íntimas, muitas vezes ficamos desconfortáveis com a forma com que o dinheiro está sendo dividido (ou não), ou incomodados com aquele pedido insistente do amigo ou cunhado para emprestarmos algo que muitas vezes sabemos que não será devolvido ou irá nos colocar em uma grande cilada, como uma fiança de aluguel, por exemplo, para um parente ou vizinho a quem temos afeto e, por isso, não conseguimos dizer não!

Aja como adulto, fale a respeito do dinheiro, seja franco! Nossa lição hoje, portanto, primeiramente, é aprender a dizer não e colocar limites nas relações mais próximas. Se não tem, não há como emprestar, certo? Simples assim.

Entenda mais sobre o tema assistindo o vídeo abaixo:


Adhara usa batom True Color Ultra Matte FPS 15 da Avon

Outro exercício é fazermos a lista do que realmente necessitamos, separando o que é desejo do que é realmente necessidade. Se você precisa e quer ter algo, liste agora, não deixe para depois e comece a pesquisar quanto isso te custa. Separe bem o que é vital, essencial, do que é supérfluo. Um passo por vez, ok? Após conquistarmos a meta de quitarmos todas as nossas contas e sobrar uma grana no final do mês, podemos nos dar o direito de termos um luxo. Por enquanto, vamos ao que precisamos e é fundamental para nós, para o nosso bem estar e, para isso, temos outra tarefa super importante: DESTRALHAR!!!

Isso mesmo: hoje é dia de faxina! D-e-s-t-r-a-l-h-e!! O novo só entra onde há espaço! Crie um vácuo para a prosperidade! Separe remédio velho, roupa, sapato, brinquedos que não utiliza mais, livros desatualizados, toalhas, panelas, talheres, papéis e cadernos velhos, roupas de cama, objetos quebrados e itens vencidos e faça uma pilha de doação e outra pilha de bazar, quem sabe ainda tira um troco dessa brincadeira, por que não?

Bote o dinheiro e a energia para circular! Já limpamos nossa casa interna, vamos limpar nossa casa externa! Seja próspero (a)! Juntar quinquilharia só comunica desordem, apego e dificuldade de mudança. A mudança e a abundância começam dentro de você.

Confie, ame muito, organize-se, seja próspero (a)!  

Inscreva-se no nosso canal no youtube (adharacampos) e no nosso site (institutoestelar.com.br) e vem ser feliz com a gente!

Abraços e até a próxima semana! Adhara

Conheça outros cursos do Instituto Estelar:

comprar-o-curso

Leia outros temas sobre a jornada: As finanças e a relação de casal