Melhor cartão de crédito para negativado: confira suas opções

0
29940
melhor cartão de crédito para negativado

Melhor cartão de crédito para negativado: confira suas opções

Ficar com o nome no vermelho pode ser um grande problema, impedindo diversas ações quando o assunto é finança. Uma dessas dores de cabeça é achar o melhor cartão de crédito para negativado, que tanto permita a emissão para quem está com o nome negativado quanto possuam taxas e juros razoáveis.

Para te ajudar na busca do cartão para negativado, continue a leitura!

Fique por dentro das novidades do blog da BLU 😉

             

Cuidados necessários

Em muitas situações, é necessário possuir um cartão de crédito, como por exemplo na compra de itens essenciais, mas cujo preço alto fica pesado no bolso comprar a vista, o que acaba incentivando o parcelamento. Por mais que carnês e outras formas de parcelamento sem cartão de crédito existam, ele traz bastante comodidade para o usuário.

A grande maioria das emissoras de cartão não permitem que pessoas com o nome negativado sejam suas clientes. Afinal, o score de órgãos como SPC e Serasa servem como uma forma de proteção para a empresa, servindo como uma confiança de que o cliente honrará os pagamentos.

Por conta disso, é necessário buscar opções que busquem outra forma de comprovação de confiança, ou aquelas que funcionam por sistemas diferentes.

Cartões de crédito pré-pagos

Os cartões de crédito pré-pagos são uma boa opção para quem está com o nome negativado. Seu modo de funcionamento permite isso, já que a pessoa pode gastar apenas o valor que está disponível no saldo.

Note que esses cartões possuem limitações, visto que não é permitido realizar pagamentos parcelados. Porém, eles são uma boa escolha para quem busca pela segurança de não precisar carregar dinheiro vivo, sendo que, caso perca o cartão, é relativamente fácil cancelá-lo e pedir uma segunda via.

Tenha em mente que, nessas opções, é comum encontrar taxas de saques e mensalidades podem torná-lo mais caro do que cartões tradicionais. Eles também são muito utilizados como cartões de mesada, para controlar o uso de dinheiro de crianças e adolescentes, e em viagens internacionais.

Conheça três boas opções para você:

  • Cartão PagSeguro: essa opção, criada pelo sistema de pagamentos PagSeguro, é internacional e também é livre de taxas de recarga e de manutenção, ou seja, você possui o valor completo do seu valor depositado no cartão. Existe uma taxa de adesão, única, de R$12,90, e o saque em caixas eletrônicos possui como taxa de conveniência o valor de R$7,50 (consulta realizada em setembro de 2019).
  • Cartão do Mercado Pago: de forma parecida do que o cartão do PagSeguro, a opção do Mercado Pago não cobra taxas de manutenção ou de recarga, mas se destaca por não cobrar taxa de adesão. A taxa de saque é de R$9,90 (em setembro de 2019). Para solicitar o seu, é necessário possuir uma conta no sistema com, no mínimo, R$20,00 disponíveis.
  • Cartão do Recarga Pay: sem taxas de adesão, manutenção ou recarga, essa opção é internacional e gratuita enquanto cartão digital. Para ter a versão física, é necessário ser assinante Prime, cuja mensalidade custa R$9,99 (em setembro de 2019). Com o cartão físico, é possível sacar nas Lotéricas por R$4,90 ou em caixas eletrônicos por R$7,90.

Cartões de crédito consignados

O cartão de crédito consignado é uma boa opção para quem está com o nome negativado, porém, nem todo mundo consegue solicitá-lo. Isso acontece porque, assim como o empréstimo consignado, o valor devido é descontado diretamente da folha de pagamento do salário ou aposentadoria, é necessário que o pagante, seja ele público ou privado, tenha convênio com a emissora.

Por isso, a grande maioria dos cartões de crédito consignados são exclusivos para aposentados pelo INSS, servidores públicos e militares. Porém, vale a pena checar com a sua empresa se eles possuem algum convênio do tipo. Uma grande vantagem é que eles costumam ter taxas de juros bem atraentes, visto que o pagamento é garantido.

Conheça algumas opções:

  • Caixa Simples: exclusivo para aposentados ou pensionistas do INSS, o cartão Caixa Simples não faz consulta no Serasa ou SPC e nem possui anuidade. A taxa de juros rotativo é de 2,85%, o que o torna atraente para pagamento de dívidas com juros maiores.
  • Cartão de crédito consignado do Banco Pan: também sem anuidade, a opção do Banco Pan pode ter limite de até duas vezes do salário, possuindo convênio com aposentados e pensionistas do INSS, além de servidores públicos federais, estaduais e municipais.
  • Cartão de crédito consignado do Banco Inter: outra opção sem anuidade, o cartão do Banco Inter permite saques de até 90% do limite disponível. Possui convênio para beneficiários do INSS, além de diversas categorias municipais e estaduais de Minas Gerais. Também possui convênio para servidores públicos do estado de São Paulo e Rio de Janeiro

O melhor cartão de crédito para negativado é aquele que você conseguirá controlar e não gerar novas dívidas, além de contar com taxas de juros baixas.

Para quem procura um cartão de crédito tradicional, que oferece maiores comodidades, a solução é sair do vermelho. Para isso, a BLU365 te auxilia! Clique aqui e aprenda como podemos te ajudar a renegociar a sua dívida.

Fique por dentro das novidades do blog da BLU 😉

             

Leia também: Cartão de crédito Nubank: o que é e como fazer