Estou endividado, e agora? Como sair dessa situação

0
1986
estou endividado

Existem muitos motivos e causas que podem levar alguém ao endividamento, porém, sair da situação requer um caminho que não possui tanta variação. Ao se perguntar “estou endividado, e agora?”, a resposta vem como a necessidade de sentar, entender o que está acontecendo e traçar estratégias para sair da situação.

Para te ajudar, separamos 4 ações que irão te auxiliar de livrar das dívidas e limpar seu nome. Continue a leitura para conferir!

Conheça a sua situação

A primeira coisa a ser feita é reservar um tempo para ter um panorama completo sobre a sua situação financeira. O que gerou essa situação, como gastos desnecessários, emergências, falta de planejamento? Verificando o causador, a lição é melhor aprendida, e assim poderá evitar das próximas vezes.

Confira também exatamente o que e para quem você deve. Anote todas essas informações, pois elas serão vitais para a recuperação.

Não aumente o problema

Agora, é necessário ter calma e não aumentar o problema, criando mais dívidas. Mantenha-se no orçamento até as dívidas terem sido pagas, e evite criar novas para pagar as atuais, como em empréstimos ou parcelamentos de cartões. Por mais que possam aliviar momentaneamente as finanças, as contas baterão na porta depois.
Lembre-se que a melhor forma de evitar novas dívidas é economizando sempre que seja possível. Essa é a saída mais fácil para recuperar a saúde financeira!

Faça um planejamento financeiro

Fazer ou refazer o planejamento de suas finanças é o passo mais crucial para recuperação. Analisada a situação atual, verifique em quais pontos é possível economizar e realocar esse dinheiro para os pagamentos necessários.

Nesse momento, é importante cortar supérfluos ou ainda gastos que podem ser convenientes, porém, de pouco em pouco pesam no bolso. A regra é gastar apenas com o que é necessário, para que assim haja dinheiro para deixar de sofrer com as dívidas.

Ache uma forma de economizar

Apenas guardar dinheiro não é a melhor forma de economizar. Coloque esse dinheiro para trabalhar para você, como em poupanças ou, ainda melhor, em investimentos de tesouro direto. O rendimento pode não ser muito alto, porém, já é alguma coisa!~

Se você está endividado, não faça investimentos de médio ou alto risco, visto que não vale a pena arriscar perder o dinheiro e aprofundar a crise econômica. Sempre opte por sistemas confiáveis e seguros, assim evitando péssimas surpresas.

Muitos bancos possuem sistemas de investimentos de baixo risco. Converse com o seu e confira as melhores opções.

Renegocie suas dívidas

Você sabia que renegociar as dívidas pode diminuir extremamente os valores delas? É possível conseguir reduções acima de 80%, ou seja, uma oportunidade que não pode ser desperdiçada, não é mesmo?

A BLU365 te ajuda nessa tarefa. Com diversas parcerias com empresas, você checa suas dívidas em 5 minutos e confere todas as vantagens da renegociação, com descontos muito impressionantes.

Faça como mais de mas de um milhão de famílias brasileiras e renegocie com a BLU365. Clique aqui para começar!

A BLU365 tem descontos exclusivos para você negociar sua dívida com um valor que cabe no seu bolso! Clique no botão abaixo para consultar.