O que é a Taxa Selic e como ela afeta seus investimentos?

0
331
o que é taxa selic?

Muito se fala sobre a Taxa Selic, afinal, ela tem um papel muito importante na economia brasileira. Ela é a principal taxa de juros da economia brasileira e a cada 45 dias é noticiado seu aumento, diminuição ou mesmo a estabilidade da mesma. Entenda o que é a Taxa Selic e porque ela é tão importante para quem investe.

O que é a Taxa Selic e o que significa?

Selic é a sigla de Sistema Especial de Liquidação e Custódia. É um programa virtual no qual títulos do Tesouro Direto (títulos públicos) são vendidos e comprados diariamente pelas instituições financeiras. Além das instituições financeiras, apenas o Banco Central tem acesso às negociações de títulos neste ambiente. As pessoas comuns, mesmo aquelas que investem, não possuem acesso.

A Taxa Selic, portanto, é a taxa de juros dos títulos públicos oferecidos pelo governo neste sistema.

Como a Taxa Selic é calculada?

A Taxa Selic sofre alterações a cada 45 dias. Isso porque o Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) se reúne com essa frequência para deliberar sobre o valor da Taxa Selic. Nesta reunião é decidido pelo conselho se a taxa aumenta, diminui ou se mantém o mesmo percentual.

A economia não é estável, por isso é natural que essa taxa também não seja. Portanto, as reuniões acontecem com essa frequência para que a Selic esteja equilibrada de acordo com o cenário econômico do momento. Assim, ela garante que o dinheiro continue circulando.

Por que a Taxa Selic existe?

O governo precisa ter dinheiro para pagar dívidas e fazer investimentos. Entre as formas de ganhar dinheiro estão os impostos e a venda de títulos públicos por meio do Tesouro Direto. Esses títulos federais são vendidos por meio da plataforma que citamos acima. Quem compra um título faz um investimento e depois de um período de tempo determinado, recebe o valor de volta, com juros. Portanto, a Taxa Selic é de grande importância para quem investe ou deseja investir no Tesouro Direto.

consulte seu cpf

Diferentes tipos de Taxa Selic

Agora que você já entendeu o que é a Taxa Selic e pra que ela serve, vamos te explicar um pouco mais a fundo, pois existem tipos diferentes de Taxa Selic. Confira o que é cada uma delas e quais as funções.

Taxa Selic Meta

Resumindo, a  Taxa Selic Meta é a que estamos falando neste texto. É a taxa de juros básica da economia do Brasil, a que serve como parâmetro para outras taxas praticadas pelo mercado brasileiro. É essa a taxa que impacta os investidores do Tesouro Direto. Tende a ser a menor taxa de juros da economia brasileira.

Taxa Selic Over

Essa taxa é a utilizada por grandes instituições financeiras. Quando uma instituição empresta dinheiro para outra, usa como garantia os títulos adquiridos por meio do Banco Central.

A importância da Taxa Selic

A principal função da Taxa Selic é manter o mercado financeiro mais estável. Ela foi criada em 1979, um momento em que o cenário econômico era de hiperinflação, ou seja, a inflação aumentava todos os dias constantemente. Portanto, a Taxa Selic foi uma solução do Banco Central que visava ter mais controle sobre os níveis de inflação.

Quando o Banco Central aumenta a Selic é com o objetivo de desacelerar a economia, para impedir que a inflação aumente. Já quando diminui, o objetivo é estimular o consumo, para aquecer a economia e como consequência, aumentar a inflação.

Como a Selic afeta os investidores?

O valor da Taxa Selic é sentido por todos os brasileiros, no entanto, os investidores são os mais afetados por ela. Sejam as instituições financeiras, bancos, investidores estrangeiros ou simplesmente quem investe no Tesouro Direto. Se a Taxa Selic aumenta, os preços ficam mais baixos, mas os juros de crédito, cheque especial e parcelamento ficam mais altos.

Mas se a Selic diminui, os empréstimos se tornam mais acessíveis e serviços de crédito e parcelamento no geral diminuem os juros. No entanto, a inflação tende a subir. O cenário da pandemia foi um dos mais desesperadores para os investidores, que foram amplamente afetados pela diminuição da Selic de 2,25% para 2%. No entanto, em março de 2021, a Selic aumentou para 2,75% por ano, a primeira alta em 6 anos.

Quais investimentos são afetados pelos investidores?

Como já dissemos acima, o investimento mais afetado por essa taxa é o Tesouro Direto. No entanto, outros tipos de investimento também são afetados por ela, já que é essa a taxa de juros considerada para eles também. Caderneta de poupança e investimentos gerais de renda fixa são afetados pela Taxa Selic.

Não há dúvidas de que a Taxa Selic é muito importante não só para investidores, como para toda a população brasileira. Tem alguma dúvida sobre este tema? Deixe nos comentários, nós da BLU365 ficaremos felizes em solucionar!

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui