7 dicas para recomeçar o seu negócio após a quarentena

0
614
negocio

A pandemia causada pelo Covid-19 causou uma grande crise financeira e muitos empreendedores estão desesperados para retomar seus lucros. Neste momento, é importante conhecer algumas estratégias e voltar a lucrar com o seu negócio.

Por isso, separamos algumas dicas simples que podem ajudar o seu negócio a sair do prejuízo. Não existem segredos para que pequenos empreendedores consigam sair da crise. Com um pouco de estratégia e organização, o seu negócio pode recomeçar. Confira!

1. Venda pela internet

Se o seu negócio ainda não está na internet, comece investindo seu tempo em aprender a usar esse espaço. Crie contas nas redes sociais e invista no delivery, pois desde antes da quarentena essa já era uma tendência nos negócios. As redes sociais podem ser a vitrine do seu negócio sem que você precise gastar muito, já o delivery traz a possibilidade de qualquer pessoa comprar os seus produtos sem sair de casa. Não dá pra ficar para trás, não é mesmo?

2. Ofereça pagamento digital

Essa também é uma questão que está além da quarentena, já que hoje em dia muitas pessoas compram apenas com o cartão. Por isso, você pode investir em uma maquininha de cartão ou então usar aplicativos como RecargaPay e Picpay, que são bem fáceis de usar.

Além de evitar riscos de contaminação, os pagamentos digitais oferecem muita praticidade aos seus clientes, por isso, vale a pena investir nesta questão.

3. Considere mudar o nicho do seu negócio

Neste período de pandemia e até mesmo quando acabar, pode ser necessário mudar o nicho do seu negócio. Isto é, talvez não faça mais sentido você comercializar as mesmas coisas de antes, pois a procura diminuiu. Um exemplo é que, segundo uma pesquisa realizada pela Unilever, o uso de cosméticos como xampu, condicionador, entre outros, diminuiu na quarentena. 

Então, esteja por dentro das tendências do mercado e pesquise sobre a demanda dos produtos ou serviços que você comercializa. Se não existe demanda, pode ser necessário que você invista em outros produtos ou então, que ofereça um diferencial.

4. Ofereça um diferencial aos seus clientes

Mesmo que não exista muita demanda para os seus produtos, você pode se recolocar no mercado com ações simples. Você pode, por exemplo, investir em uma identidade visual que chame atenção para o seu negócio. Nas redes sociais, isso faz toda a diferença. Ofereça brindes aos seus clientes, mesmo que algo simples, certamente essa pessoa lembrará da sua marca no futuro e pode comprar novamente. Por isso, não tenha medo de ser diferente.

5. Invista no bem-estar de seus clientes

Temas como bem-estar e saúde nunca estiveram tão em alta como agora. As pessoas estão procurando formas de se sentirem bem, seja fisicamente ou emocionalmente. Que tal pensar em maneiras de agregar essa informação ao seu negócio? Se esse já é o seu nicho, é o tempo certo para recolocar o seu negócio no mercado.

6. Fique de olho nos auxílios para empreendedores

O governo e algumas instituições financeiras já disponibilizaram alguns auxílios destinados a micro e pequenas empresas para esse momento de crise. Destacamos o programa do Governo Federal PRONAMPE e o crédito emergencial do BNDES, ambos para micro e pequenos empreendedores. É a oportunidade de levantar o financeiro do seu negócio.

7. Continue tentando

No mundo dos negócios, é importante não desanimar e não se desesperar com os erros. Afinal, a prática nesse universo leva a aprendizagens e ao sucesso. Invista o tempo disponível em leituras e colete as informações necessárias para impulsionar o seu negócio. Errar é completamente normal e não é preciso desistir por conta disso. Use os erros como lições para melhorar o seu empreendimento.

Gostou dessas dicas? Esperamos que o seu negócio recomece com muito sucesso. Conte sempre com a BLU365 para te trazer dicas preciosas e manter a sua saúde financeira.