Dólar: entenda como ele afeta a sua vida financeira

0
824
dolar

Muito tem se falado sobre a alta no dólar, mas você sabe o que isso significa para a sua vida financeira? Essa moeda é referência monetária mundial desde o início do século XX e afeta principalmente economias como a brasileira, já que a alta deprecia muito a moeda nacional. Entenda o que influencia a alta no dólar e também como afeta a sua vida financeira.

O que influencia a alta do dólar? 

Existem diversos motivos por trás do aumento do dólar ao longo do tempo. O fator que mais influenciou a alta nos últimos tempos foi a crescente recuperação da economia dos Estados Unidos, que superou as expectativas para fevereiro e aumentou os índices de emprego. Portanto, essa recuperação aumentou o apelo para investimentos no país e consequentemente, valorizou a moeda. No entanto, destacamos outros motivos que influenciam a alta do dólar, são eles:

  • Impacto da pandemia causada pelo Covid-19;
  • Fortalecimento da economia estadunidense;
  • Instabilidade política na América Latina;
  • Insegurança financeira mundial, com possibilidade de recessão;
  • Guerra comercial e econômica entre EUA e China;
  • Instabilidade no preço das commodities.

Existem outras questões que influenciam a alta do dólar, mas no momento esses são os de mais importância. A pandemia é um cenário específico que influenciou bastante essa alta, bem como a forma como cada país e governo conduz as estratégias de enfrentamento influenciam também.

E afinal, como a alta no dólar afeta sua vida financeira?

Agora que você já entendeu um pouco sobre o que influencia a alta do dólar, entenda o que isso afeta diretamente no seu bolso. Desde o encarecimento de itens importados, até a desvalorização da moeda real, tudo isso afeta diretamente a vida financeira de toda a população. Entenda.

1. Encarecimento de itens importados

Você pode estar pensando que não consome itens importados, mas a realidade é que todos consomem. Já que muitas indústrias compram seus insumos de outros países e essa é uma das maiores preocupações econômicas. Indústrias de automóveis, eletrônicos, entre outras, importam boa parte do itens de montagem de outros países. Ou seja, muitas vezes esse preço é pago em dólar, o que encarece a produção, bem como o valor pago pelo consumidor final. 

O setor farmacêutico, por exemplo, importa mais de 90% dos insumos utilizados. Ou seja, o consumidor final sente a alta do dólar no bolso há tempos. Outro exemplo é o valor do barril de petróleo, que é negociado em dólar e o consumidor pode sentir o aumento no valor dos combustíveis.

2. Reajuste no preço de produtos nacionais

Além da importação sofrer reajustes por ser negociada em dólar, mesmo os itens nacionais têm seu valor final alterado. Isso porque os produtores nacionais preferem exportar para aproveitar que o dólar está mais caro. Ao mesmo tempo encarecem o preço para os consumidores nacionais para aumentar a margem de lucro.

3. Efeito negativo nas exportações

Ao mesmo tempo em que as empresas exportadoras podem sair ganhando quando exportam seus produtos, também há o outro lado da moeda. As que utilizam insumos importados precisam arcar com esse custo e em alguns casos não há grandes vantagens em exportar. O impacto acaba atingindo sem grandes margens superiores de lucro. Além disso, esse efeito tende a causar demissões em massa e trazer grande índice de desemprego.

4. Desaceleração do crescimento econômico

Com o aumento do dólar é muito difícil que a moeda nacional, o real, se mantenha valorizado. Isso afeta principalmente em relação aos países vizinhos, como é o caso do peso chileno (Chile), peso argentino (Argentina), novo sol (Peru) e bolivianos (Bolivia).

5. Efeito direto no seu bolso

Conforme dito em todos os itens anteriores, são muitas as questões envolvidas, mas muitas pessoas acreditam que o aumento do dólar não chega até os brasileiros. Apenas para citar alguns efeitos e influências diretas no seu bolso:

  • Compras no exterior com cartão de crédito, já que o dólar oscilando, o consumidor pode ter uma surpresa ao ver a fatura;
  • Brasileiros que vivem em outros países, mas que continuam trabalhando para empresas do Brasil podem ter muita dificuldade em se manter em outro país;
  • Encarecimento de produtos nacionais, principalmente no supermercado e farmacêuticos;
  • Encarecimento de insumos importados, afeta principalmente as pequenas empresas e produtores autônomos;
  • Índice alto de desemprego causado devido à crise financeira que atinge as empresas.

São muitos os efeitos do dólar no bolso dos brasileiros, não é mesmo? Você já sabia que ele podia influenciar a sua vida dessa forma? Deixe nos comentários!

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui