Coronavírus: 12 dicas para suas finanças sobreviverem

0
3609
relogio-dinheiro-pessoas-corona

O Brasil e o mundo já sentem profundamente os efeitos do novo coronavírus (COVID-19). A economia não está de fora dessa, e diversos governos e instituições já estão planejando e colocando em prática medidas para diminuir o impacto da pandemia no bolso das pessoas.

Separamos 13 dessas iniciativas para você conhecer e se informar. Confira!

1. Negocie online os seus débitos em atraso

A edição presencial do Feirão Limpa Nome foi cancelada devido ao coronavírus, assim como todos os grandes eventos e aglomerações de São Paulo. A boa notícia é que você ainda pode negociar, porém de forma online. Assim, quem está em busca da oportunidade de limpar o nome poderá negociar em casa, enquanto estiver de quarentena.

Quer negociar suas dívidas e encontrar descontos de até 95%, sem sair de casa? Basta acessar o site oficial da BLU e digitar seu CPF.

2. Postergue o pagamento de seus empréstimos ainda em dia

Os principais bancos do Brasil, tanto privados como públicos, anunciaram que os pagamentos de empréstimos serão adiados por 60 dias. A medida vale apenas para aqueles empréstimos que estão em dia.

3. Faça compras online

Além da suspensão do pagamento de crédito por 60 dias, a Caixa Econômica Federal também anunciou que vai liberar o Cartão virtual de débito gratuito para todos os clientes, para facilitar as compras online. Então se você for cliente da Caixa e precisar fazer compras no supermercado ou outros estabelecimentos, clique aqui para conferir o passo a passo de como solicitar o seu cartão virtual

4. Se precisar de empréstimo, o consignado é a melhor opção

O Conselho Nacional de Previdência Social aprovou a redução do teto de juros do empréstimo consignado que as instituições financeiras podem cobrar de aposentados e pensionistas do INSS. Agora, o teto é de 1,80% ao mês.

O consignado do cartão de crédito também teve o teto dos juros reduzidos, sendo agora de 2,7% ao mês. Além dessas mudanças, o Conselho autorizou a ampliação dos prazos dessas operações.

5. Você é autônomo ou MEI?  Veja como receber os R$ 200 a que você terá direito

Uma das medidas anunciadas pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, é um auxílio para trabalhadores autônomos no valor de R$ 200 cada. Para ter direito, a pessoa deve ter mais de 18 anos e se enquadrar em alguma situação de vulnerabilidade social.

Microempreendedores Individuais (MEI) também terão direito, desde que tenham renda abaixo de dois salários mínimos.

6. Aposentado ou pensionista? Resgate metade do seu 13º!

Também foi anunciada a antecipação de metade do décimo terceiro para aposentados e pensionistas do INSS. O pagamento será feito a partir de abril, ação que custará R$ 23 bilhões.

Outra medida do governo para aposentados e pensionistas é adiar a prova de vida dos beneficiários por 120 dias.

7. Saiba se você é elegível ao Bolsa Família 

Durante o período de pandemia, o Governo Federal pretende aumentar a quantidade de beneficiários do Bolsa Família em até 1 milhão. Ainda não foram anunciadas as diretrizes de cadastro e como funcionará a distribuição, mas é importante ficar de olho e acompanhar as próximas notícias para saber se você será elegível.

8. Foi contaminado pelo Coronavírus? Receba pagamento nos primeiros 15 dias de afastamento

Caso a medida anterior seja aprovada, o Governo prevê o pagamento dos primeiros 15 dias de afastamento do trabalhador que seja infectado pelo COVID-19.

A proposta é direcionada para quem recebe até dois salários mínimos. O Ministro da Economia afirmou que “todas as pessoas que recebem até dois salários mínimos e tiverem redução de salário e jornada, receberão uma antecipação de 25% do que teriam direito mensalmente caso requeressem o benefício do seguro-desemprego”.

9. Adie a declaração do seu Imposto de Renda de 2020

Segundo o supervisor do Imposto de Renda, Joaquim Adir, a Receita Federal já estuda uma possível extensão no prazo de declaração do Imposto de Renda de 2020.

O último balanço da Receita, divulgado no dia 12 de março, revelou que apenas 11,8% dos 32 milhões de documentos esperados já foram entregues.

10. Saiba se você é elegível para não pagar a conta de água

No Estado de São Paulo, o governador João Doria anunciou que o pagamento das contas de água de 506 mil famílias carentes será suspensa. A Sabesp também informou que os processos de devedores foram interrompidos por hora.

Buscar informações sobre a situação atual, principalmente em um momento como esse, é imprescindível. Conte com a BLU para te ajudar nessa jornada! Boa sorte e mantenha-se protegido(a).

11. É empresário? Adie o pagamento de impostos 

Os pagamentos do Simples serão adiados, sendo que os valores referentes a abril, maio e junho terão vencimento para outubro, novembro e dezembro.

Assim, micro e pequenas empresas terão alívio de R$ 22 bilhões, segundo o secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes.

12. É empresário? Confira alternativas para não precisar desligar seus funcionários

Para tentar frear o desemprego durante a pandemia, o Ministério da Economia anunciou que irá propor para o Congresso Federal a autorização de redução proporcional de salários e da jornada de trabalho.

Pela proposta, o empregador poderia cortar até metade (50%) do salário e da jornada de trabalho de seus funcionários. A medida é chamada e Programa Antidesemprego e será enviada ao congresso como Medida Provisória.

Resumimos todas essas dicas no infográfico abaixo. Assim fica ainda mais fácil de lembrar e compartilhar: 

infografico-7-dicas-para-salvar-suas-financas