Coronavírus: sou autônomo, e agora? 5 dicas para não perder sua renda

0
2869
coronavírus em autônomos

O impacto do novo coronavírus em autônomos pode colocar esses profissionais em uma situação desconfortável. Com comércio presencial interrompido em diversas cidades e o risco de contaminação, trabalhar em pontos físicos ou nas ruas não é mais uma opção para muitos desse grupo.

O impacto na finança será inevitável, mas é possível diminuir o estrago adaptando-se rapidamente a esse momento. Além de reservas de emergência, algumas ações irão ajudar o profissional a manter as contas em dia e não passar sufocos. Confira 5 dicas para não perder sua renda!

1. Confira as bolsas-auxílio

O Governo Federal sinalizou que liberará um auxílio para profissionais autônomos entre R$ 200 e R$ 300 por três meses, a partir de abril. Para ter direito, é necessário ter mais de 18 anos, estar nos critérios do CadÚnico, serviço do governo para registrar famílias de baixa renda, não receber outros benefícios como Bolsa Família e não ter emprego com a carteira assinada.

Segundo estimativas do governo, entre 15 e 20 milhões de pessoas terão o direito do benefício. Para quem está no CadÚnico, não precisa fazer nenhum tipo de inscrição para receber a ajuda, e será criado um site para registro de quem não está no programa.
Além da bolsa do governo federal, muitos governos estaduais e municipais estão criando benefícios e isenções para os autônomos. Não deixe de conferir no portal de seu estado ou cidade!

O governo também criou uma iniciativa chamada “Vamos Vencer“, onde você pode ver quais medidas eles estão tomando para ajudar o seu tipo de negócio.

2. Divulgue seu negócio nas redes sociais

Essa é a hora de aproveitar o poder das redes sociais para divulgar seu negócio. Procure por aquela que tenha mais afinidade com seu público ou segmento, como maquiagens no Instagram e itens para casa no Facebook.

Mantenha postagens constantes, mas cuidado para não exagerar. Uma postagem por dia e alguns stories divulgando novidades é o suficiente para atrair seu público!

3. Crie conteúdo para seu trabalho

Para que a divulgação dê certo, é necessário criar conteúdo de qualidade. Tire fotos com boa iluminação e enquadramento, sem muitos filtros, crie pequenos vídeos de tutorial com dicas de como utilizar e faça montagens que mostrem mais do produto.

Além da câmera do seu celular, aplicativos podem te ajudar muito. O Pic Collage pode criar belas montagens, o Quik auxilia na criação ou edição de vídeos e com o Canva (disponível tanto para smartphones quanto no computador) é possível criar artes bonitas e chamativas mesmo sem conhecimento aprofundado de design.

4. Forneça meios de pagamento digitais

Contaminação por contato com dinheiro ou até na hora de passar o cartão é um risco, por isso, não deixe de oferecer meios de pagamentos digitais. Mercado Pago, Recarga Pay e PicPay são dois exemplos de plataformas fáceis de utilizar e com taxas amigáveis, permitindo que seu cliente pague sem ter contato físico com você ou qualquer equipamento.

Esses aplicativos permitem que você retire o dinheiro para sua conta bancária ou o mantenha nele, enquanto rende 100% da CDI. Assim, os pagamentos rendem um pouquinho a mais!

5. Se adapte para revender online

Se você trabalha com revendas, seja de produtos de beleza ou itens domésticos, é possível adaptar o trabalho de forma online. Muitas empresas permitem a criação de uma “lojinha” online de cada revendedora, ou ainda fornecem um código para que seus clientes usem e a plataforma verifique que você foi responsável pela venda.

Anuncie a novidade para seus clientes e explique o processo para eles. Muitas empresas também já fornecem criativos bonitos e profissionais para essa divulgação, que pode ser tanto enviada para as pessoas quanto divulgadas nas redes sociais e Stories.

Caso você tenha alguma dívida pendente, esse também é o momento de negociá-la, limpar o nome e se livrar dela. Assim, você consegue descontos incríveis e terá mais tranquilidade financeira nesse momento, sem deixar os juros acumularem, utilizando os recursos da melhor forma.

A BLU365 te ajuda! Entre no site oficial, digite seu CPF e confira as propostas disponíveis!