Rappi: o que é, como funciona e por onde começar

0
77635

A BLU365 já ajudou mais de 1 milhão de brasileiros a pagarem seus débitos, reconquistarem a tão sonhada liberdade financeira e a darem a volta por cima. Mas sabia que vários clientes nossos só conseguiram realizar essas conquistas quando foram atrás de uma graninha extra?

Muitas dessas histórias bem sucedidas são de clientes que usaram o aplicativo da RAPPI para conseguirem uma renda alternativa, e por isso organizamos com muito carinho as dicas abaixo para te ajudar também!
Além disso, se quiser acessar a mais nova versão do RADAR RENDA EXTRA, clique aqui. Esperamos que você goste! 😉

O que é Rappi?

A proposta da Rappi é ao mesmo tempo simples e completa: ser um aplicativo de delivery de (quase) tudo.

Empresas de vários segmentos diferentes podem cadastrar-se e vender pelo aplicativo. No momento, são seis categorias diferentes: supermercados, farmácias, restaurantes, bebidas, pet shop e uma sessão especial chamada “Qualquer coisa”. Essa última opção está disponível apenas na cidade de São Paulo, e por ela é possível adquirir produtos diferenciados de lojas físicas que não contam com sistema de entrega.

O serviço está disponível nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e Salvador, e nos seguintes bairros da capital paulista: Vila Leopoldina, Barra Funda, Lapa, Perdizes, Vila Madalena, Pinheiros, Vila Buarque, Jardins, Jardim Paulista, Bela Vista, Liberdade, Higienópolis, Vila Mariana, Morumbi, Itaim Bibi, Vila Olímpia, Moema, Brooklin, Indianópolis. A empresa informou que pretende chegar e muitas outras cidades até o fim de 2018.

Diferentemente de outros serviços similares, a bolsa para transporte dos produtos é gratuita – não é necessário gastar nada para ser entregador da Rappi!

Como se cadastrar para ser entregador da Rappi?

O cadastro para trabalhar como entregador da Rappi é muito rápido e simples. A primeira coisa a se fazer é realizar o download do aplicativo Rappi Entregador, disponível tanto para smartphones com Android quanto iOS.  

Depois de baixar o aplicativo, crie seu cadastro com as suas informações básicas. É necessário inserir seu nome, sobrenomes, telefone, e-mail, cidade e código postal (CEP).

Para ser entregador Rappi, é necessário possuir seu próprio veículo. Você pode realizar as entrega de bicicleta ou moto, o que for melhor para você!

Depois de completar a primeira etapa do cadastro, é necessário enviar fotos dos seus documentos. Tire as fotografias com atenção e qualidade, pois elas serão avaliadas pela equipe e seu cadastro só será aprovado caso seja possível verificar os dados presentes nos documentos. Uma dica é colocar os documentos abertos em uma superfície lisa, em um ambiente com boa iluminação, e concentrar-se para não mexer as mãos quando tirar a foto.

Os documentos necessários são cédula de identidade (RG) e carteira nacional de habilitação (CNH) caso deseja fazer entregas de moto. É importante notar que em ambos os casos é necessário ter, ao mínimo, 18 anos completos.

Feito o envio dos documentos, aguarde a aprovação. Note que ela pode demorar um pouco, visto que a equipe precisa analisar cuidadosamente todos os cadastros feitos em sua plataforma.

Quando a documentação for confirmada, você receberá um e-mail, SMS ou mensagem no WhatsApp com um convite para participar de uma palestra presencial. Essa palestra serve para garantir que os entregadores da Rappi estejam de acordo com a proposta e condições da empresa. Caso você não possa comparecer na data e horário programado, entre em contato com a Rappi para solicitar um reagendamento da palestra.

Além dos documentos de identificação, todos os entregadores Rappi precisam estar registrados como MicroEmpreendedor Individual (MEI). Esse registro pode ser feito online pelo Portal do Empreendedor. Para fazê-lo, é necessário possuir seus números do CPF, título de eleitor, número de celular ativo, CEP da sua residência e declaração de Imposto de Renda dos últimos dois anos, caso se aplique. Ao completar o cadastro, é necessário dirigir-se à prefeitura da sua cidade para emitir um alvará de funcionamento, permitindo legalmente sua atividade. Você receberá um número de CNPJ.

O MicroEmpreendedor Individual deve pagar a taxa de contribuição mensal, denominada DAS, até o dia 20 de todo o mês. Em 2018, o valor dessa taxa é de R$52,70, sendo que R$47,70 é destinado ao INSS. O valor é corrigido anualmente, de acordo com inflação e aumento do salário mínimo.

É importante notar que o cadastro de parceiro não estabelece nenhuma forma de vínculo empregatício com a plataforma, sendo sua relação de parceria – não de colaborador e empregador.

Feito todo esse processo, é só começar a ganhar dinheiro com a Rappi!

Quanta ganha um entregador da Rappi?

Como outros aplicativos do mesmo estilo, o dinheiro que você ganha sendo entregador da Rappi depende diretamente da quantidade de tempo que você dedica ao serviço.

A cada entrega entre 1km a 3km, você recebe uma taxa fixa de R$6,90. A cada quilômetro a mais rodado, você ganha R$1 extra. Ou seja: se você fizer uma entrega de 10km, você recebe R$6,90 da taxa fixa mais sete reais pela distância acima da base.

Esse valor é o mesmo que quem fez a solicitação paga. No final, o valor total do frete cobrado vai para o seu bolso.

Ganho Rappi

Uma das grandes vantagens da Rappi é que, por ter uma grande gama de produtos oferecidos, os horários de entrega podem variar bastante. Na maioria de aplicativos de entrega, o pico de horário é durante os períodos tradicionais de alimentação, como jantar e almoço. Por oferecer muito mais que produtos alimentícios, a Rappi possui pedidos 24 horas por dia, aumentando a demanda, e consequentemente o lucro, do entregador.

Bruno Nadon, presidente da Rappi, afirmou em entrevista para a UOL que existem entregadores que chegam a lucrar até R$ 5000 em um mês. Isso prova que a partir da dedicação e esforço, os entregadores podem complementar a renda de forma generosa.

Rappi do seu jeito

O Rappi do seu jeito é um novo formato para fazer parcerias com os varejistas. Seu objetivo é apoiar o crescimento do setor, sendo mais um canal de vendas para que os estabelecimentos aumentem a rentabilidade do seu negócio.

Como funciona o Rappi do seu jeito

O novo modelo funciona como um marketplace, onde o pedido é feito pela plataforma do Rappi e a entrega é realizada pela frota do próprio restaurante. Com ele os estabelecimentos que já contam com frota própria, podem se cadastrar no aplicativo e fazer a entrega da maneira que preferirem. Assim, os negócios ganham flexibilidade, pois os restaurantes podem manter sua estrutura de delivery, ajustar o tempo de entrega de acordo com a demanda e, até mesmo, escolher os meios de pagamento.